Dicas

Dicas para o corretor não cometer erros com o cliente

Ser corretor pode ser uma tarefa difícil. Somente a experiência irá prepará-lo para o mercado imobiliário e para os clientes. Além de procurar sempre estar atualizado, esse profissional tem um mercado bastante competitivo para enfrentar. E, por isso, é preciso saber lidar com altos e baixos do trabalho. Com isso, a Central do Corretor pensou em algumas dicas para o corretor evitar situações constrangedoras.

Veja as dicas para o corretor saber lidar com os clientes e não cometer os erros abaixo

Não estar disponível

Uma das situações que mais incomodam um cliente é ligar para o seu corretor e não conseguir contatá-lo de nenhuma forma. Ainda mais se isso for recorrente. Visto que essa profissão tem uma competitividade bem grande, não seria espantoso que o cliente abandonasse a negociação e fosse a procura de outro profissional. Para evitar isso, você deve estar acessível em mais de uma plataforma, seja celular, e-mail, Whatsapp ou outros. Se é difícil para você atender os telefonemas o dia inteiro, você pode definir os horários em que tem certeza que estará disponível e dedicado ao atendimento de clientes. Mas lembre-se que pode ser uma vantagem abrir uma exceção para certos clientes.

Fazer pressão no cliente

Agir ao contrário ao que foi dito na dica anterior também pode ser perigoso. Ou seja, ser insistente, fazer ligações a todo momento e encher a caixa de entrada do cliente não são uma boa estratégia. Esse tipo de atitude é inconveniente. Seja sempre objetivo e chegue no meio termo entre dar atenção ao seu cliente mas não de forma exagerada e também não estar 100% fora de contato. A intenção é que você não dê motivos para que seu cliente lhe abandone e parta para outro profissional.

 

 

Não saber do assunto que está falando

Voltando ao que foi dito no início desse post, o corretor precisa procurar sempre estar atualizado. Se quando o cliente chegar até você e observar que ele sabe mais do que você sobre essa área, certamente você irá perdê-lo. Claro que não é possível saber de tudo. Entretanto, é importante conhecer as vantagens e desvantagens dos imóveis que você tem conhecimento. Isso é o básico. Além disso, também existe a importância de saber o que se passa no mercado imobiliário atual. Assim você irá oferecer o melhor ao seu cliente.

Não ouvir o seu cliente

Na ansiedade de vender um imóvel, muitas vezes você não ouve o que o seu cliente diz e o que procura exatamente. Apenas oferece, não sendo de fato aquilo que o cliente estava procurando. Quando o corretor costuma falar muito, torna-se incapaz de ouvir o seu cliente e por isso não faz um bom trabalho. Lembre-se de ouvir primeiro sem interrupções. O que importa é que o seu cliente fale tudo o que deseja e a partir daí você poderá começar o seu trabalho. Fale o que for necessário.

Não cumprir com os acordos estabelecidos

Esse é um dos piores erros que o corretor pode cometer. Que cliente confiaria em um corretor que não cumpre com os acordos? Além de você lidar com o maior bem que uma pessoa adquire, é preciso que você transmita a confiança e a capacidade de cumprir com seus acordos. É imprescindível que você seja transparente em todas as negociações e siga o código de ética profissional dos corretores de imóveis. Portanto, mantenha sempre a boa reputação e integridade. Como nesse meio muitas vezes ocorrem indicações, então que você seja indicado por ser digno de confiança do cliente. Isso só atrairá mais clientes e mais chances de fechar bons negócios!

Se você se reconheceu em algumas dessas práticas, mude a sua conduta e procure sempre se aprimorar seguindo essas dicas para o corretor. E se você quiser mais facilidade na hora de procurar o imóvel ideal para o seu cliente, você pode acessar o Permutando.com e encontrar diversos imóveis disponíveis para a permuta!

 

Comentários