Dicas

Imóveis em leilão: Tudo sobre negociações

Ouvir falar de leilões sempre nos remete venda de artes e carros apreendidos, mas também há diversos imóveis em leilão. Essa ação está aumentando em virtude do preço mais baixo e pela crise financeira atual no país. Portanto, por ser uma compra mais fácil, as chances de se mudar para o imóvel em menos tempo são maiores.

Porém, muitas pessoas que se interessam por imóveis em leilões pensam nos motivos pelos quais o imóvel está sendo leiloado. O que sempre vê em mente são as possíveis dores de cabeça após a aquisição.

Está dúvida tem embasamento, porque em alguns casos o imóvel pode ter chegado ao leilão por dívidas. Dívidas essas como: atraso de condomínio ou não pagamento de documentos como a escritura. E em caso de aquisição do imóvel com essas pendências, em teoria, o novo proprietário teria que arcar com esta dívida.

É de suma importância salientar que nem todos os imóveis em leilão possuem dívidas. Mas, se houver interessado na compra, o mesmo deverá arcar com todas as dívidas, assim como nos leilões de carros. Esse é o caso é específico de imóveis que foram penhorados ou hipotecados.

imóveis-em-leilão-banner-permutando

Existem diversas soluções e medidas que o novo comprador pode tomar para resolver essas questões de imóveis com dívidas. E também para se prevenir de quaisquer problemas que ficaram pendentes do último proprietário.

Antes de buscar imóveis em leilão é preciso prestar bastante atenção aos editais dos leilões. Assim, você entenderá detalhes que possam passar despercebidos como o valor mínimo para lances. Outras condições como quais formais de pagamento são aceitas e se há comissão ao leiloeiro também constam no edital.

Quais precauções deveram ter em adquirir imóveis em leilão?

O preço dos imóveis em leilão são muito atrativos, mas é preciso ter cuidado e se atentar aos detalhes. A empolgação pelo preço baixo faz com que detalhes passem despercebidos. Nesta euforia, muitas pessoas acabam adquirindo um imóvel que não esteja de acordo com as suas necessidades. Portanto, é essencial analisar todos os detalhes dos imóveis em leilão e assim, ter certeza que fez uma boa escolha.

Ao efetuar a compra, é importante sempre registrar a compra do imóvel junto ao cartório o quanto antes. Assim, evitamos que a casa ou apartamento escolhido possa estar disponível para penhora em outro lugar, ao mesmo tempo. Registrando a efetivação da compra o quanto antes, a venda e a data ficarão registradas na matrícula do imóvel.

Se o receio é apostar em imóveis com dívidas, como por exemplo, imóvel com prestações do financiamento em atraso. Existem métodos para contornar esta situação e fazer com que o imóvel em leilão continue valendo o investimento.

As dívidas não precisam ser pagas imediatamente para adquirir o imóvel. Além disso, elas também não são passadas para o nome do novo proprietário. Diversas instituições financeiras procuram facilitar a venda desses imóveis fazendo um refinanciamento da dívida. Geralmente, os descontos nas dívidas são de acordo com o tempo que o imóvel ficou inadimplente. Então, nunca descarte um negócio, sempre pesquise e analise a viabilidade de acordo com suas pretensões.

Portanto, para dicas e informações sobre o mercado imobiliário continue acessando o Central do Corretor ou acesse o Blog do Permutando!

Quer receber notícias como essa no seu e-mail? Cadastre abaixo e aproveite:

Comentários