Dicas

Incorporação Imobiliária: O que é?

Estar preparado e com todas as respostas na língua para toda e qualquer dúvida de um cliente é obrigação do corretor. Portanto, é preciso estar preparado para lidar com diversos desafios que esta profissão proporciona. Então, hoje iremos falar sobre um tema pouco debatido, mas que é de suma importância, a incorporação imobiliária. Você conhece bem o que é? Sabe quais são as principais vantagens? Como funciona? Não se preocupe. Iremos explicar um pouco sobre a incorporação imobiliária abaixo.

 

O que precisamos saber sobre a incorporação imobiliária?

incorporação-imobiliária-banner-permutando-

 

O que é uma incorporação imobiliária?

A palavra incorporar, significa juntar ou integrar, duas ou mais itens, em um só espaço. Ou seja, a incorporação imobiliária é, por exemplo, o terreno e o prédio que nele será construído. Um empreendimento incorporado a outro, tornando um só. Longo, a incorporação imobiliária é a ação onde um edifício ou qualquer outro imóvel em construção será construído incorporado a um terreno ou a outro imóvel.

O termo é usado em um projeto ainda não finalizado, mas que já está com suas vendas em negociação. A venda de imóveis ainda na planta são bons exemplos de uma incorporação imobiliária. Outro exemplo é o quando uma incorporadora irá construir um edifício precisa de mais metragem em seu projeto e compra os imóveis ao redor. Mas ao invés de realizar o pagamento do imóvel em dinheiro, ela oferece 1 ou 2 apartamentos, ou até andares no edifício. Mas isso é feito de acordo com o preço do imóvel e o quanto cada espaço no prédio já construído valerá.

 

Como funciona?

A incorporação imobiliária só pode acontecer quando os imóveis ainda em construção podem iniciar as vendas. Mas para isso é preciso que, mesmo na planta, esses imóveis estejam registrados no Cartório de Registro de Imóveis.

O registro contém informações como, metragem, número de unidades autônomas, e outros detalhes. Após o registro ser feito e aprovado é que as vendas passam a ser realizadas de maneira legal.

O documento que garante a construção efetiva do imóvel não é uma “chatice burocrática”. Este registro fornece a todos os envolvidos a segurança na negociação. Além de poder constatar a credibilidade da construtora e a legalidade dos projetos à venda.

Este registro também garante as características de cada imóvel vendido e outros pontos importantes, como regras do condomínio. Isso se deve porque a futura convenção do condomínio precisa ser registrada junto com a incorporação.

Apesar dos conceitos serem bem diretos, sem muitas condições e a garantia judicial, o processo de incorporação imobiliária é complexo. Isso se dá em função das responsabilidades do incorporador, do Cartório de Registro de Imóveis e a lista de documentações.

 

Portanto, para dicas e informações sobre o mercado imobiliário continue acessando o Central do Corretor ou acesse o Blog do Permutando!

Quer receber notícias como essa no seu e-mail? Cadastre abaixo e aproveite:

Comentários

  • ivete zanella rodrigues
    Responder

    Porque não se consegue cadastrar?

    • Wallace Calazans

      Boa tarde, Ivete!

      Qual seria o seu problema ao se cadastrar? Qualquer dúvida entre em contato conosco: TELEFONE (21) 3620-6007| WHATSAPP (21) 98071-7795