Dicas

Investir em imóveis: Como fazer?

Em algum momento, você já pensou em investir em imóveis, mas a falta de conhecimento acabou freando seus planos. Saiba que não está sozinho nesta, pois muitas pessoas não conhecem e tem medo de investir, principalmente em imóveis.

Pensamos em iniciar esse tipo de investimento porque, normalmente, com menos chances de perda.

Ser cauteloso é normal, pois investir em imóveis demanda de altas quantias em dinheiro. Esteja seguro de sua ação, até porque, o grau de importância nesse tipo de investimento é maior.

Portando, preparamos algumas dicas que irão lhe assegurar nesse processo tão delicado e de altos custos.

Quais são as melhores formas para investir em imóveis?

investir-em-imoveis-banner-permutando-

 

Investir em terrenos

Quando falamos em investir em imóveis, logo pensamos em investir em terrenos. Esta pode ser uma boa garantia de ótimo negócio, mas preze pela região. Saiba se aquele local fica em uma boa região, como em um centro urbano ou comercial. Desta forma empresas e outros tipos de negociantes irão procurem seu terreno.

 

Imóvel para alugar

Este é o método mais prático e mais utilizado quando falamos de investir em imóvel. Você pode comprar um imóvel em uma área familiar, por exemplo, e assim alugá-lo para outras pessoas ou comprar salas e casas comerciais e com isso utilizar o dinheiro arrecadado para suprir as suas necessidades. Esta é uma ótima alternativa, porque você poderá juntar dinheiro para comprar um apartamento, mas a longo prazo.

 

Imóvel na planta

Comprar um imóvel na planta é bom para quem não está com pressa de ter o retorno do dinheiro de forma imediato. Algumas facilidades em adquirir o imóvel na planta como poder parcelar a entrada no tempo de obra e com um preço inferior a um pronto.

 

Financiamento

Não é fácil comprar um imóvel, principalmente pelo alto valor que deve ser investido nele. Por isso, poucas pessoas conseguem comprá-los à vista. Porém, existem muitas linhas de financiamento de imóveis que aparecem para facilitar a todos, uma delas é pela Caixa Econômica Federal, utilizando o FGTS que auxilia na entrada, por exemplo. Algumas outras alternativas com juros menores podem até aparecer, mas esteja atento na negociação que você fará.

 

Para dicas e informações sobre o mercado imobiliário continue acessando o Central do Corretor ou acesse o Blog do Permutando!

Quer receber notícias como essa no seu e-mail? Cadastre abaixo e aproveite:

Comentários